America first, Portugal second! A resposta portuguesa … aos Holandeses.

Portugal em segundo, depois da América. Um vídeo hilariante e já viral
Donald Trump chegou há pouco tempo à Casa Branca, mas é inegável que conseguiu uma enorme proeza a nível internacional: colocar o mundo inteiro a falar de si.

No momento da sua tomada de posse, o presidente dos Estados Unidos usou a frase ‘América em primeiro’ para marcar uma posição perante o mundo. E é uma resposta a esta afirmação que se está a tornar viral nas redes sociais.

O programa ‘5 para a meia-noite’, da RTP, utilizou um vídeo feito pelos holandeses em que esta nação se coloca em segundo lugar, logo a seguir aos Estados Unidos, para mostrar quem merece, de facto, estar naquela posição, apresentando inúmeras justificações.

Numa alusão rápida à História de Portugal, Trump é elucidado sobre o ano de fundação do país, que é um dos mais antigos do mundo, e sobre a forma como este se tornou independente, expulsando “completamente” os árabes. “Sabemos o que está a pensar: Afonso Henriques daria um ótimo Secretário de Defesa”, ironiza-se.

O vídeo crítica ainda o tipo de pessoas que elegeu o novo presidente americano: “60% dos americanos acreditam que Portugal é uma província de Espanha. Eles provavelmente votaram em si”.

As brincadeiras seguem-se e não seria possível esquecer Bo, o cão de água português da família Obama, que deverá ter deixado um “presente fumegante” debaixo da secretária dos seus sucessores.

Os descobrimentos, a “super potência” do mundo e a divisão do mesmo com Espanha são relembrados, numa viagem que termina numa conquista bem mais recente, o Europeu de Futebol de 2016.

A ‘saudade’ da quinta língua mais falada do mundo, aquela que foi levada para o Brasil, é também recordada como o sentimento que muitos têm neste momento… em relação a Barack Obama.

Uma comparação da Trump Tower à Torre de Belém não foi esquecida e a ‘Geringonça’ de António Costa, que “não é índio” porque “vocês mataram-nos a todos”, pode resolver até problemas com Vladimir Putin.

É ainda apresentado o “pior pesadelo de Trump”, uma “ministra da Justiça negra”. Contudo, há uma pessoa que pode ajudar nas obras do muro do México, um antigo primeiro-ministro português que esteve preso, José Sócrates. “Pode levá-lo para ajudar a construir o muro. Sem custos. Leve-o. Ele diz que é engenheiro”.

E para terminar: “Entendemos perfeitamente que a América esteja em primeiro, mas a sério… que se lixem o holandeses! São mais laranjas do que você. Portugal, segundo”, termina, com uma lembrança ao maravilhoso tempo português.

Source: NAM

transfweqise abaixo artigo
loading...

NO COMMENTS