Niterói, localizada no Rio de Janeiro, é a terceira cidade mais visitada do estado, atrás da Capital e de Búzios.

Visitar o Brasil, pelo menos uma vez na vida, deveria ser um objetivo turístico para os portugueses.

O “país irmão” tem tantos motivos de interesse, à escala da sua dimensão geográfica e humana, que é difícil não encontrar algo que nos leve até lá.

O Brasil é muito mais que praias, Carnaval, Nordeste e Rio de Janeiro. É possível ir a Salvador e ver como as culturas europeias e africanas se fundiram numa cidade cujo centro histórico é tão português – como acontece em Ouro Preto ou Paraty.

No Maranhão, as dunas formam um autêntico deserto, os Lençóis Maranhenses, desconhecidos do turismo internacional. O turista pode ir até Manaus e descobrir a Amazónia profunda, ou voar até S. Paulo e descobrir uma metrópole dinâmica e vibrante, com 18 milhões de habitantes.

Tem-se falado de muitos pontos de interesse turístico no Brasil, mas o que podem os turistas efetivamente fazer ou experimentar, quando estão de visita a terras tupiniquins?

1- Passar um dia inteiro na praia, com sol, cerveja e água de coco. Pode fazê-lo em Jericoacoara (Ceará), a quilómetros da civilização, ou em Copacabana e Ipanema, em plena cidade do Rio de Janeiro.

2- Visitar o estádio do Maracanã, no Rio. Foi em tempos o maior estádio do mundo e acumula décadas de histórias e memórias sobre o desporto-rei. Já agora, porque não assistir aí a um jogo de futebol, mesmo que não seja fã de nenhum dos “times”?

3- Ir a uma festa junina. Se já participou nas festas de S. João, do Porto, vai adorar a animação brasileira durante esta quadra.

4- Comprar uma fita no Senhor do Bonfim, em Salvador. É possível comprar via internet, mas nada substitui o simbolismo da compra na própria igreja.

5- Dormir numa rede, pendurada numa árvore. Essa tradição do Nordeste ajudará a abrandar o ritmo das suas férias e a suportar o calor do meio-dia.

6- Dançar! Num país que criou o samba, o forró, o axé e agora reinventou o funk, não assistir a uma festa é passar ao lado de um dado fundamental da identidade brasileira. Pergunte no seu hotel, na sua agência ou aos seus novos amigos qual é a “danceteria” mais próxima ou onde é que vai acontecer uma festa de rua.

7- Prove a feijoada, caipirinha, pão de queijo e açaí, entre muitos outros pratos e bebidas típicas do país ou de cada uma das suas regiões. Para não falar das frutas de que talvez nunca tenha ouvido falar, quando mais provado, como o jambolão ou a ciriguela.

8- Visitar o Oktoberfest, não em Munique (Alemanha) mas em Blumenau, estado de Santa Catarina. Irá compreender no terreno a importância da imigração germânica nesta região do Brasil.

Deixamos aqui algumas sugestões para tornar esta experiencia inesquecível.

Rio de Janeiro

rio janeiro
Cristo Redentor

A “Cidade Maravilhosa” justifica, por si só, uma visita. O calçadão da praia de Copacabana, o fasthe Sugar Loafcínio da “garota de Ipanema”, o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor são pontos de interesse turístico de nível mundial.

pao e1605445081346
Bondinho Pão de Açúcar

Depois há a vida noturna do bairro da Lapa, o modernismo arquitetónico da catedral de S. Sebastião ou da vizinha cidade de Niterói e até uma viagem ao mundo das favelas, também já aberto ao turismo. Além disso, em Fevereiro (ou Março) “tem Carnaval”.

Jericoacoara, Ceará

fotos
Jericoacoara

Jericoacoara é uma pequena aldeia piscatória situada no Ceará, a 300 quilómetros da capital, Fortaleza. O local foi “descoberto” pelos brasileiros enquanto local para fazer praia, praticar kite-surf (as condições de vento são ideais) e relaxar ‘no meio’ da natureza. Jericoacoara possui eletricidade, de forma a que exista um mínimo de conforto mas as autoridades zelam para preservar o caráter “unspoilt” do local.

sol e1605444562199
Por do sol

Os brasileiros vêem aqui também para ver um pôr-do-sol sobre o mar, o que não acontece em nenhum outro ponto do Brasil, dado a costa ser virada ao oriente, ao contrário de Portugal continental.

Arquipélago de Fernando de Noronha

maravilhoso
Fernando de Noronha

Este arquipélago, situado próximo do equador, foi em tempos utilizado como estabelecimento Fernando de Noronha, mas hoje é Património da Humanidade (pela UNESCO) e procurado pelos turistas que querem a certeza de ter calor ao longo de todo o ano.

A ilha mais preservada do Brasil é um verdadeiro santuário de tartarugas marinhas e golfinhos. Somente 460 turistas podem visitar o local por dia, não só para desfrutar de sua natureza paradisíaca, como também praticar mergulho e surf.

Chapada Diamantina, Bahia

brasil
Chapada Diamantina

O Parque Nacional da Chapadada Diamantina alberga um conjunto de grandes paisagens rochosas e o ecossistema da caatinga, o bioma típico desta região de onde Gabriela (“Cravo e Canela”) fugiu em direção à cidade, nos tempos de seca – e no romance de Jorge Amado.

bahia
Lagoa Azum em Bahia

Os turistas poderão visitar alguns dos “segredos” escondidos na paisagem. Na Gruta Azul, entre as 14h e as 15h nos meses de outono e inverno, o sol penetra pela rocha e deixa a água com um tom de azul muito vivo. Já na Cachoeira do Buracão, o visitante desafia os caminhos até chegar a uma queda d’ água quase “mágica”, com 90 metros de altura.

Cataratas do Iguaçu – Foz do Iguaçu

viagem
Cataratas do Iguaçu

Localizadas na divisa entre Brasil e Argentina, as Cataratas do Iguaçu são um fenômeno da natureza que merecem sua visita. O conjunto de mais de 200 quedas pode ser visto tanto do lado brasileiro quanto do lado argentino, percorrendo trilhas e caminhos sobre as águas neste que é considerado um Patrimônio da Humanidade.

Av. Paulista – São Paulo

turismo
S. Paulo

Uma verdadeira selva de pedra também tem suas belezas. A Avenida Paulista, na capital de São Paulo e maior cidade do país, reúne expressões de arte, política e economia, como centro de ebulição dos descontentamentos da população. Um passeio do Paraíso à Consolação é obrigatório para qualquer turista de passagem pela cidade.

Catedral de Brasília

visita
Catedral de Brasilia

A Catedral de 40 metros de altura projetada por Oscar Niemeyer é um dos cartões postais da capital brasileira, com seus anjos suspensos, teto de vidro circular que começa no chão e suas 16 colunas curvas, formando sua arquitetura única.

Floresta Amazônica

amazonia
Amazonia

Conhecer a maior reserva natural do nosso país é uma experiência única, já que por lá existe a maior biodiversidade do mundo. Além dos animais que habitam a selva, a diversidade de plantas é inigualável.

Jardim Botânico

visitar
jardim botanico

O cartão postal mais famoso de Curitiba esbanja beleza e esplendor com sua estufa de vidro e ferro repleta de diversas espécies de plantas. O caminho até a estrutura é rodeado por um imenso jardim. Destaque para o Jardim das Sensações, onde os visitantes experimentam texturas e aromas de plantas de olhos vendados.

Porto de Galinhas

brasil
Porto de Galinhas

Um destino paradisíaco em Pernambuco e dono de uma das praias mais bonitas do Brasil. Suas águas quentes e claras atraem turistas do mundo inteiro e a prática de mergulho e passeios de jangada são muito comuns por lá.

FonteLusoTimes
Avatar
Manny Olas estudou em Cambridge, Reino Unido, e vive em Northampton desde 2003. É um apaixonado por comunicação, serviço publico e interação com o publico em geral. Faz emissões de rádio online e negocia no mercado de valores como passatempo.