O Príncipe Carlos acusou positivo ao teste de coronavírus que efectuou, anunciou a BBC. Camilla, a duquesa da Cornualha, também fez o teste mas não está infectada com a Covid-19.

A Clarence House informa em comunicado que Carlos e Camilla estão auto-isolados em Balmoral, a sua residência na Escócia, acrescentando que o filho da Rainha “tem trabalhado a partir de casa nos últimos dias”.

“Os testes foram realizados pelo NHS [Serviço Nacional de Saúde] em Aberdeenshire porque cumpriam os critérios exigidos. Não é possível determinar por quem o príncipe foi infectado pelo vírus devido ao elevado número de compromissos em que participou como parte do seu cargo público nas últimas semanas”, acrescentou a nota à imprensa.

Desde a semana passada que a Rainha Isabel II de Inglaterra deixou o palácio de Buckingham, em Londres, e está instalada no Castelo de Windsor, como medida de precaução. A monarca, de 93 anos, e o marido, o príncipe Filipe de Edimburgo, de 98 anos, mudaram-se para o castelo, situado a 32 quilómetros de Londres, uma semana mais cedo do que o habitual por altura da Páscoa, por conselho das autoridades de saúde e do Governo britânico.

Os compromissos previstos para as próximas semanas já tinham sido adiados ou cancelados por “precaução” e por “razões práticas nas atuais circunstâncias”. Isabel II tem usado as videoconferências para se manter em contacto com a família e para a reunião semanal com o primeiro-ministro, Boris Johnson.

As festas de primavera que a Rainha acolhe por esta altura, e nas quais participam milhares de pessoas, também foram adiadas e outros eventos futuros – como as comemorações do final da II Guerra Mundial na Europa e uma visita estatal do Imperador Naruhito, do Japão – estão em dúvida.




Deixe um comentário

  Subscribe  
Notify of