Famílias separadas estão proibidas de se reunir em ambientes fechados a partir de hoje em Greater Manchester, East Lancashire e partes de West Yorkshire após um aumento nos casos de coronavírus.

O secretário de saúde diz que as famílias “reunidas e não cumprindo as regras de distanciamento social” são um motivo para a decisão.

O secretário de Saúde Matt Hancock disse à Sky News que as novas restrições são “absolutamente necessárias”, acrescentando: “Quando se enfrenta uma pandemia como essa, é importante agir rapidamente, se for o necessário”.

O primeiro-ministro Boris Johnson alertou que o vírus está “borbulhando” em até 30 áreas em todo o Reino Unido, e uma conferência de imprensa deve ser realizada ainda hoje, sexta-feira, para explicar as novas medidas.

O pedido, afetando cerca de quatro milhões de pessoas, abrange:

Todo o Grande Manchester: Bolton, Bury, Manchester, Oldham, Rochdale, Salford, Stockport, Tameside, Trafford e Wigan
East Lancashire: Pendle, Hyndburn, Burnley, Rossendale e Blackburn com Darwen
West Yorkshire: Bradford, Calderdale e Kirklees
A cidade de Leicester, que viu o primeiro bloqueio local do Reino Unido.

Isso significa que as pessoas nessas áreas não terão permissão para se misturar com outras famílias (além das que estão no circulo de apoio) em casas particulares ou jardins.

Entende-se que atualmente não há um ponto final para as restrições, mas elas estarão sujeitas a uma revisão semanal.

FonteSky News
Avatar
Manny Olas estudou em Cambridge, Reino Unido, e vive em Northampton desde 2003. É um apaixonado por comunicação, serviço publico e interação com o publico em geral. Faz emissões de rádio online e negocia no mercado de valores como passatempo.