O ministro de Relações Exteriores de Portugal disse que a exclusão do seu país de uma lista de países para os quais a quarentena não se aplica a pessoas que retornam à Inglaterra é “absurda”.

Augusto Santos Silva disse à BBC que não incluir Portugal era “sem sentido e injusto”.

A lista de países isentos de quarentena foi publicada na sexta-feira.

Boris Johnson disse que as quarentenas de 14 dias permanecerão em países onde o vírus não está sob controle.

Santos Silva disse ao programa de rádio da BBC 4: “Estamos muito decepcionados com a decisão das autoridades britânicas. Achamos que é insensato e injusto.

“É um absurdo que o Reino Unido tenha sete vezes mais casos de Covid-19 do que Portugal, então achamos que não é assim que os aliados e amigos são tratados.”

O primeiro-ministro português, António Costa, twittou comparando o número de casos de coronavírus do Reino Unido com o do Algarve, dizendo: “Você pode passar umas férias seguras no Algarve”.

Screenshot 1 1
Twitter de António Costa

As reações dos nossos leitores fizeram-se sentir imediatamente após publicarmos em primeira mão a decisão do reino Unido:

Com a quantidade de contágios que existe no Reino Unido, Portugal é que lhes devia impor quarentena, inclusivamente para Açores e Madeira. Mas o nosso governo anda a dormir!retorquiu uma leitora

Podem ter a certeza que nem 1 penny eu gasto numas férias aqui no Reino Unido!!!

Na Inglaterra que nunca usaram máscaras ,nem existe desinfetantes e sempre têve e tem grandes manifestações todos fins de semanas sem distanciamento , só burros acreditam que aqui tem milagres, quando se anunciou ser o País da Europa com mais mortes por covid-19.Mas o que é que mudou para ficar melhor agora que outros Países como Portugal onde o controle e regras são muito mais apertadas.

Tinha férias em julho, agora adiei para Outubro e ainda nem sei se vai dar para ir de férias este ano, com esta confusão toda” manifestaram mais alguns imigrantes no reino Unido.

E as restrições no meu destino?

Os turistas que saem de Inglaterra ainda podem enfrentar restrições – incluindo quarentena – quando chegarem a um dos países isentos.

Cerca da metade dos países e territórios da lista tem restrições para a chegada de visitantes do Reino Unido. Esses incluem:

  • A Grécia não aceitará vôos diretos no Reino Unido até pelo menos meados de julho
  • A Áustria exige que os britânicos se auto-isolem, a menos que tenham um certificado médico recente ou teste negativo para coronavírus na chegada
  • A Nova Zelândia proibiu quase todos os turistas estrangeiros de visitar
  • Países como Austrália e Coréia do Sul impõem uma quarentena de 14 dias
  • Os visitantes da Islândia podem optar por pagar por um teste ou entrar em quarentena
  • Não é permitido entrar no Chipre se você esteve no Reino Unido nos últimos 14 dias

Quais são as regras noutras partes do Reino Unido?

Medidas de saúde como quarentena são definidas por cada país do Reino Unido separadamente, portanto as alterações podem não se aplicar a todos os lugares. Atualmente:

  • O governo escocês diz que não tomou nenhuma decisão sobre aliviar as restrições de quarentena
  • O governo galês também não decidiu se deve seguir as medidas da Inglaterra
  • A Irlanda do Norte ainda colocará em quarentena os turistas que chegam de fora do Reino Unido e da República da Irlanda

As informações de viagem para a Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte serão publicadas em ” devido curso ” pelas administrações locais.