Após o comentário de Jorge Jesus que confessou ser um grande apreciador de Tony Carreira, José Cid não gostou e reagiu mencionando os dotes de Jorge Jesus na lingua Portuguesa.
O burburinho escalou nas redes sociais ao ponto de chegar a ofensas familiares graves.

José Cid insultado após comentário sobre Jorge Jesus
“É de lamentar que algumas pessoas não tenham percebido que a minha publicação sobre o Jorge Jesus não era a dizer mal do Sporting”, disse o cantor.

Recentemente, José Cid usou as redes sociais para comentar uma entrevista de Jorge Jesus , dada à SIC, onde elogiou a equipa do Sporting por estar em primeiro lugar e disse que o treinador “deveria aproveitar para ter aulas de Português”. No entanto, depois dessa publicação, Cid tem recebido várias críticas por parte dos seguidores.

“É de lamentar que algumas pessoas não tenham percebido que a minha publicação sobre o Jorge Jesus não era a dizer mal do Sporting, mas sim a comentar uma pessoa. Todos nós vivemos num país livre onde temos o direito de opinar sobre qualquer assunto, mas também temos o direito de não ser ofendidos conforme eu e a minha família estamos a ser nos comentários da minha dita publicação.

Se os senhores/as que me estão a ofender a mim e a minha família estão à espera que eu elimine a publicação ou até apague os comentários insultuosos estão bem enganados porque cada comentário só reflete o seu mau carácter e o meu é de liberdade, pois foi por ela que eu lutei contra a ditadura.

Apesar de eu ser benfiquista, não deixo nem nunca deixarei de apoiar ações sociais ou culturais promovidas pelo Sporting ou Porto como já fiz no passado e nesses eventos ninguém me insultou como estou a ser insultado agora. Por fim, sou livre de opinar, mas não sou obrigado a aceitar ofensas da ‘família’ sportinguista que não ofendi, onde tenho grandes amigos como Carlos Lopes, Prof Moniz Pereira, Maria José Valério”, escreveu o artista na sua página do Facebook.

O que deu origem ao desaguizado.

José Cid: “Os critérios musicais de Jesus, deixam muito a desejar”
O cantor português manifestou-se nas redes sociais, após Jorge Jesus afirmar ser fã de Tony Carreira.

Numa entrevista dada por Jorge Jesus à SIC, o treinador revelou quais eram os seus gostos musicais, confessando ser um grande fã de Tony Carreira.

Algo, a que José Cid não passou indiferente. Por isso, o cantor decidiu comentar o assunto, na sua página oficial de Facebook:

“Ninguém discute a qualidade de Jorge Jesus como treinador! Acredita em si próprio, tem um ego enorme, e a sua obra fala por si. Parabéns ao Sporting pelo seu primeiro lugar, o que não acontecia há muito tempo… Ouvi-lo falar em entrevistas é confrangedor! Como dispõe de mais tempo na sua profissão, uma vez que foi eliminado na Taça da Europa, deveria aproveitar para ter aulas de Português .

Ao contrário de Mourinho, que é um privilégio ouvi-lo falar Português e outras línguas. Sei que Mourinho é fã da boa música nacional. Além de mais, os critérios musicais de Jorge de Jesus, deixam muito a desejar. Marcam a diferença entre estes dois grandes treinadores. E outra coisa… O Benfica está entre os maiores da Europa e no campeonato nacional continua a avançar. Cuidado com o Victória!… É na continuação do bom trabalho e não com “bocas” que se consegue ganhar!”, escreveu.

Isto, enquanto exibe uma camisola com a famosa frase do rei Juan Carlos de Espanha, dita em 2007, a Hugo Chavéz: “Por qué no te callas?”.

Seria esta uma mensagem mandada indiretamente a Jorge Jesus?

fonte:noticias ao minuto