O pai e a madrasta [na foto] de Valentina Fonseca foram este domingo detidos pela Polícia Judiciária de Leiria por, presumivelmente, terem assassinado a menina de Peniche, que estava desaparecida desde a passada quinta-feira.

O progenitor da criança terá alegadamente asfixiado a filha na banheira e a madrasta terá depois presumivelmente ajudado a esconder o corpo, adianta a CMTV.

O corpo da menina foi encontrado, esta manhã, a poucos quilómetros de casa, na localidade de Atouguia da Baleia.

Terão sido mesmo os suspeitos a, alegadamente revelarem onde se encontrava o corpo. A criança estava desaparecida desde a manhã de quinta-feira. Militares da GNR, bombeiros e dezenas de voluntários participaram nas buscas.

As operações contaram ainda com a ajuda de drones, câmaras térmicas e cães pisteiros.


Deixe um comentário

  Subscribe  
Notify of