Preservativo inteligente registra o desempenho sexual e detecta doenças sexualmente transmissíveis

É isso mesmo, cientistas criaram o primeiro preservativo inteligente que, de acordo com a distribuidora British Condoms, oferece não só circunferência e temperatura média da pele do usuário, mas também calcula as calorias gastas e guarda detalhes sobre habilidades na hora do sexo, por exemplo, velocidade média das penetrações.
Embora a discussão do aparelho tenha começado no início de 2017, a companhia publicou imagens somente na terça-feira (28).

O dispositivo foi desenhado para ficar sobre o preservativo na base do pênis com “nano-chip e sensores” para medir e registrar os detalhes do ato sexual. Todos os dados são transferidos para o smartphone do dono por Bluetooth, podendo compartilhar seu desempenho com amigos ou, até mesmo, com todo o mundo.

Para o porta-voz da empresa British Condoms, John Simmons, a invenção trará um elemento de alegria à cama, bem como poderá prevenir o deslizamento da camisinha ou gravidez não planeada. Além do mais, o aparelho será capaz de detectar doenças sexualmente transmissíveis.

O aparelho começará a ser vendido a partir de janeiro de 2018, mas já é possível encomendá-lo.

Adam Leverson, engenheiro-geral do projeto i.Con, destacou tratar-se de uma inovação capaz de medir cada aspecto do desempenho sexual. Outro detalhe que não passará despercebido: o preservativo brilha no escuro.

Com garantia de um ano, o preservativo inteligente custará cerca de £60.

transfweqise abaixo artigo

NO COMMENTS