Robinho condenado

O futebolista brasileiro Robinho foi condenado a nove anos de prisão por ter participado do estupro em grupo de uma mulher em Milão em 2013.

Um tribunal italiano decidiu que os brasileiros de 33 anos e outros cinco brasileiros agrediram a mulher albanesa, que tinha 22 anos, depois de terem lhe dado álcool em uma boate.

O atacante, que deixou o AC Milan em 2015 após cinco anos, não foi ao tribunal mas declarou se inocente por meio de seu advogado.

A sentença será suspensa até que o processo de apelação seja concluído.

Robinho, jogou quase 100 vezes pelo seu país, passou dois anos no Manchester City e atualmente joga pelo Atlético Mineiro no Brasil.

Um post na página do Instagram de Robinho disse que “já se defendeu contra as acusações, afirmando que não participou do episódio” e que “todas as medidas legais estão sendo tomadas”.

Depois de começar sua carreira em Santos, Robinho ganhou dois títulos da Liga em quatro temporadas no Real Madrid, antes de se juntar à City por um valor recorde de US $ 32,5 milhões no verão de 2008.

O jogador lutou para causar impacto na Inglaterra mas acabaria emprestado de volta ao Santos em janeiro de 2010.

Ganhou a Serie A durante seu período subsequente em Milão, mas voltou a Santos através de outro empréstimo em agosto de 2014 antes de se juntar ao clube chinês Guangzhou Evergrande em julho de 2015.

Quando o seu contrato de 6 meses expirou, ele voltou para o Brasil, ingressando no Atletico Mineiro com um acordo de dois anos.

NO COMMENTS