O Rosti, como o próprio nome sugere, tem origem suíça e por lá, a palavra rösti significa crocante e dourado. Na Suíça, o Rosti tem uma particularidade. É servido ao pequeno almoço acompanhado de café com leite. Parece estranho, não é?

Confesso que a receita original passa por uma série de fases e não se revela muito prática nos dias de hoje. Nesta receita, desmistifiquei o modo de preparação do Rosti, tornando a receita muito rápida, fácil, dando-lhe um sabor mais jovial, mas também delicioso.

As minhas escusas desde já aos suíços, que me poderiam até processar por este atentado culinário. Costumo recheá-lo também com presunto, bacon, espinafres e com queijo cremoso, como é o caso desta que aqui trago.

Pessoas: 2
Tempo de Preparação: 30 minutos
Tempo de Confecção: 30 minutos

Ingredientes

  • 2 lombos de salmão selvagem
  • 2 batatas médias (as batatas usadas na receita foram apanhadas no dia, pela mãe do Tiago, a Dona São)
  • 100 g de queijo ralado (mozarella)
  • 1 cc manteiga
  • 1 limão
  • Ervas aromáticas (orégãos secos e tomilho fresco)
  • 1 pitada de gengibre
  • Sal e pimenta a gosto

Instruções

Tempere o salmão numa marinada de sumo de 1 limão, gengibre ralado e flor de sal, de preferência

Deixe no frio para ganhar firmeza

Descasque e rale a batata

Esprema a batata ralada com as mãos e enxugue-as com um pano branco ou papel absorvente

Leve ao lume uma frigideira com 1 cc de manteiga

Coloque metade da batata ralada sobre a manteiga e calque com uma espátula

Adicione o queijo ralado por cima da batata

Sele o queijo com uma nova camada de batata

Com uma espátula vá virando o rosti

Não deixe queimar

Vá enrolando e virando até ficar douradinho e crocante

Retire do lume e molde um rolo de rosti com  papel vegetal

Reserve no papel vegetal

Entretanto, prepare uma nova frigideira anti-aderente e leve-a ao lume

Disponha os lombos na frigideira

Os lombos vão libertando a sua própria gordura

Vá virando e corando os lombos evitando desmanchá-los

Emprate e sirva

Sugestão: faça uma saladinha a gosto e prepare um molho delicioso de queijo Cheddar.

Para o molho Cheddar

1 embalagem de natas de culinária e 100 g de queijo cheddar (amarelo) cortado em cubos

Vai precisar apenas de picar uma cs de cebola e 1 cc de manteiga

Leve uma caçarola com a manteiga e a cebola ao lume

Quando a cebola ficar transparente adicione as natas

Quando começar a borbulhar retire do lume

Adicione o queijo em cubos e misture lentamente até ficar cremoso

Para o molho se tornar ainda mais guloso, junte aromáticas picadas

Observações

Prefira peixes saudáveis e frescos, de origem certificada e de pesca sustentável

Blog Notas de Degustação

Facebook Chef Rivotti

Arnaldo Rivotti
Português, profissional de comunicação, peregrino convicto, umas vezes ensaísta, outras vezes chef de cozinha, Arnaldo Rivotti, nasceu em Maringá-Brasil, a 30 de agosto de 1958. Fez o Caminho de Santiago, uma experiência que lhe mudou a vida.