Tenha cuidado! Estes são os países mais perigosos do mundo

Se viajar para um destes países, tenha cuidado. Estão entre os mais perigosos do mundo.

O Relatório de Competitividade de Viagens e Turismo de 2017 do Fórum Económico Mundial avalia o estado do setor de viagens e de turismo em 136 países. Entre as dimensões analisadas, está a segurança, tendo em conta o grau de violência generalizada e a exposição ao terrorismo.

Veja a lista dos 20 países mais perigosos do mundo para turistas, segundo o relatório.

1. Colômbia No ano passado a capital, Bogotá, foi nomeada pelo World Travel Awards como o melhor destino da América do Sul. Contudo, nem isso retira a Colômbia do primeiro lugar no ranking dos países mais perigosos do mundo. Visitar o país ainda representa um risco acrescido para os turistas e tudo por causa dos gangues armados, pelo tráfico de drogas, sequestros e ainda pelos actos de terrorismo que ocorrem em várias cidades do país.

2. Iémen O Iémen ocupa o segundo lugar neste ranking devido à presença de grupos rebeldes na capital, Sanaa. As minas terrestres e os ataques aéreos também afectam uma grande parte da população que sofre pela falta de bens alimentares e de assistência médica.

3. El Salvador Tem uma das maiores taxas de homicídios do mundo. Trata-se de um país onde a violência e os gangues fazem parte do dia a dia

4. Paquistão O Paquistão é palco de conflitos religiosos há muitos anos e a violência entre eles ainda representa um perigo para os turistas. Para além da população paquistanesa ser profundamente tribal, o país está muito exposto à guerra no Afeganistão. Nos últimos dez anos, morreram cerca de 6.000 pessoas por ano em atentados terroristas.

5 . Nigéria A Nigéria é assolada pela violência de dois grandes grupos extremistas: o Boko Haram e o Estado Islâmico. Estes grupos atacam áreas densamente povoadas como igrejas, escolas, restaurantes, hotéis e locais de entretenimento. O Departamento de Estado dos EUA diz que os turistas “devem ter extrema cautela em todo o país devido à ameaça da violência indiscriminada”.

6. Venezuela A Venezuela tem uma das maiores taxas de criminalidade do mundo. A forma mais comum de violência são os assaltos à mão armada, os assassinatos e os raptos. Para além disso, a escassez de bens de consumo aumentaram a instabilidade social e o crime em todo o país.

7. Egipto O auto-proclamado Estado Islâmico e outros grupos extremistas representam uma grande ameaça, tanto para os locais como para os turistas. No Egipto, estes grupos extremistas são conhecidos por praticar ataques nos transportes públicos.

8. Quénia Mesmo que muitos dos ataques terroristas ocorram fora de Nairobi, a capital, o terrorismo ainda representa uma grande ameaça para quem lá vive e para quem lá vai. As formas de ataque mais comuns são através de explosões com granadas, tiroteios e esfaqueamentos.

9. Honduras Este país da América Central é palco de uma das maiores taxas de homicídios do mundo. O país é, em particular, assolado pelo crime e pelo tráfico de droga e carece de uma forte presença policial ou militar. Nos últimos sete anos, 70% dos homicídios de cidadãos americanos tiveram lugar nos distritos de Tegucigalpa, San Pedro Sula e La Ceiba.

10. Ucrânia A violência perpetrada pelas forças armadas ucranianas e pelos separatistas pró-russos é comum nas regiões do leste e do sudeste do país. Os cidadãos também não estão a salvo correndo perigo nas regiões de Donetsk, Luhansk e da Crimeia.

11. Filipinas As Filipinas ocupam a 11º posição no ranking dos países mais perigosos do mundo. Ainda este mês foi noticiado o tiroteio num casino em Manila, que fez cerca de 36 mortos. Contudo, os sequestros aos estrangeiros são uma prática comum e recomenda-se cuidado ao viajar para o país.

12. Líbano Existem no país vários grupos extremistas. Os ataques bombistas são frequentes. Assim como disputas e protestos violentos entre vizinhos ou famílias.

13. Mali O risco de ataques terroristas é alto sobretudo em hotéis e restaurantes, centros comerciais e outros locais frequentado por turistas. Em Novembro de 2015, um ataque a um hotel de luxo na capital provocou a morte a cerca de 27 estrangeiros.

14 . Bangladesh Para além da ameaça de ataques terroristas, as temperaturas extremas também afectam o país – propenso a sofrer desastres naturais. Os desastres incluem terramotos, erupções vulcânicas, tempestades, inundações, secas, deslizamentos de terra, ondas de calor e epidemias.

15. Chade Tanto o alegado Estado Islâmico como a Al Qaeda e o Boko Haram são grupos activos no país. No passado, os ataques feitos pelos grupos extremistas provocaram a morte não só a civis e a forças de segurança, mas também a turistas. A fronteiras entre o Chade, a Líbia e o Sudão, também são perigosas devido à presença de campos de minas.

16. Guatemala A fronteira entre a Guatemala e o México é uma das zonas mais perigosas do país, devido ao tráfico de droga e ao tráfico humano. No ano passado, o país teve a quinta taxa de homicídio mais elevada na América Latina e no Caribe. O roubo à mão armada é outro dos crimes mais comuns.

17. África do Sul A elevada taxa de criminalidade da África do Sul leva muitos locais a contratar serviços de segurança privada. Violações e homicídios ocorrem com frequência, especialmente nos municípios mais remotos.

18. Jamaica Embora não existam conselhos específicos para aqueles que viajam para a Jamaica, é de salientar a presença de crimes violentos e tiroteios em algumas zonas do país, como em Kingston e Montego Bay.

19. Tailândia As províncias de Yala, Pattani, Narathiwat e Songkhla, no sul da Tailândia, são as mais perigosas do país. Nos últimos 13 anos morreram mais de 6.500 pessoas nestas zonas, devido à violência generalizada.

20 . Congo As forças armadas congolesas e outros grupos armados estão activos em muitas partes do Congo e são conhecidos pela sua violência. O exército congolês opera em todo o país e é provável que os turistas se cruzem com tropas, veículos blindados e helicópteros.

 

Source

transfweqise abaixo artigo
loading...

NO COMMENTS