Já diziam os nossos avós!

É na terra que encontramos força e repouso. Encontramos força porque dela provém alimento, nutrição e encontramos repouso quando deitados, em relaxamento, entregamos o corpo ao descanso.

Não somos árvores e por isso caminhamos, viajamos, atravessando países e continentes mas a ideia de pararmos um pouco e assentar bem os nossos pés na terra, permite-nos enraízar, ganhando mais equilíbrio físico, mental, emocional e energético.

Yôga e Ásana de Equílibrio
Ásana é a palavra em sânscrito para posição firme e confortável. No Yôga, os ásana de equilíbrio em pé, ajudam-nos a trabalhar o nosso equílibrio físico que muitas vezes é um espelho de como estamos mentalmente e emocionalmente nesse momento.

Se estivermos muito agitados ou ansiosos, a respiração vai estar também irregular e a oxigenação será insuficiente, pelo que teremos mais dificuldade em encontrar esse ponto de equilíbrio. Se estivermos mais tranquilos será proporcionalmente mais fácil permanecer com equílibrio do ponto de vista físico.

Ao permanecemos em posições de equilíbrio estamos a enviar uma mensagem muito eficaz ao nosso cérebro: Estou equilibrado!
E é fantástico como começamos a sentir os efeitos, a respiração tende a regularizar, tornando-se mais profunda, levando uma maior quantidade de oxigéneo ao nosso cérebro, músculos, sangue, células e isso permite-nos reduzir muito significativamente a agitação emocional em que nos encontramos.

Como fazer Pádásana?
De pé, com os pés unidos ou a pouca distância um do outro, pernas esticadas, tronco vertical, braços para cima, se possível mãos unidas uma à outra acima da cabeça e antebraços encostados às orelhas. A cabeça e a cervical mantêm-se alinhadas com o tronco.

Inicialmente, para facilitar, mantenha os olhos abertos e foque o olhar num ponto á sua frente, pode ser um ponto na direcção do seu olhar ou ligeiramente abaixo – mas mantenha a cabeça direita.

Respire calmamente, inspire deixando o ar ir até ao abdómen vir para fora e depois na expiração, deixe o ar sair com serenidade, o abdómen volta para dentro.
Agora, sinta como o seu corpo está verticalmente alinhado, como os seus pés bem assentes no chão, procuram a cada respiração suave, aquele ponto em que é possível desfrutar do equilíbrio de forma plena e do aquietamento da mente.

Ao longo do seu dia encontre momentos para desfrutar deste pádásana e sentir como este alongamento, que aumentando o espaço entre vértebras, deixará a sua coluna mais saudável e a sua mente mais aquietada.

Siga Mais Yoga no Facebook