Theresa May pediu aos três milhões de cidadãos da União Européia que vivem na Grã-Bretanha que permaneçam após Brexit.

A PM reconheceu a “ansiedade subjacente” que Brexit causou aqueles que optaram por construir uma vida no Reino Unido e disse que estava “encantada” com acordo da UE da semana passada e que protegeria os seus direitos.

“Eu agradeco as vossas contribuições – enriquecendo cada parte de nossa economia, da nossa sociedade, da nossa cultura e da nossa vida nacional. “Sei que o nosso país seria pior se você se fosse embora e por isso eu quero que você fique”.

Os seus direitos serão salvaguardados nos tribunais nacionais com fiscalização do Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias, cuja autoridade os juízes do Reino Unido podem consultar sobre disputas por direitos durante oito anos após a retirada.

Ela também disse que se pode solicitar um estatuto estabelecido que não custará mais do que um passaporte, £72.50 , acrescentando: “Neste preciso momento você não precisa fazer nada. Pode olhar para o futuro, com segurança, sabendo que existe um acordo detalhado sobre a mesa em que o Reino Unido e a UE estabeleceram preservar os seus direitos – bem como os direitos dos cidadãos do Reino Unido que vivem em países da UE. “Prometi que iria assegurar que essas negociações colocassem as pessoas em primeiro lugar e é isso que vou continuar a fazer em todas as etapas deste processo. Desejo-lhe a si e a toda sua família um excelene Natal e um feliz Ano Novo.

NO COMMENTS