Ajuntamentos e festas ilegais pelo quarto dia consecutivo(The Sun)

A policia tentou encerrar dois grandes “eventos musicais não licenciados”, que causaram “perturbações significativas”, após centenas de pessoas amontoadas em Clapham Common e Tooting Bec Common.

Este é o quarto dia de raves ilegais na capital – fazendo com que a Polícia Metropolitana intensifique as suas operações.

Oficiais especialmente treinados foram às ruas de Londres para dispersar a rave não licenciada em Tooting e o evento não oficial do Pride em Clapham.

Met Police Events twittou: “Os policias estão no local de dois grandes eventos musicais sem licença em Clapham Common e Tooting Bec Common.

“Eles estão a dispersar os presentes.

“Entendemos o impacto que causa na comunidade local.

“Os oficiais permanecerão nos dois locais até que os eventos sejam cancelados.”

Enquanto isso, uma terceira rave ilegal teria sido realizada em Springfield Park, em Hackney.

Duas pessoas foram esfaqueadas nas proximidades de Clapton , embora não se saiba se havia algum link.

Cerca de mil policiais estavam de prevenção no sábado, prontos para lidar com qualquer problema após três noites de problemas em festas de rua na capital.

Isto aconteceu 24 horas depois que festas ilegais nas ruas foram divididas ontem em Kensal Green, Newham e Maida Vale, com sete pessoas presas depois que a polícia foi atingida por objetos.

police
Forte presença policial

A policia também terminou outra rave em Tottenham, norte de Londres.

Ordens de dispersão – foram emitidas em Hackney, Upminster, Lewisham, Kingston, Notting Hill e Paddington.

O comandante da polícia, Bas Javid, disse que os policias estavam “executando um trabalho muito bom em algumas circunstâncias difíceis”.

E ele alertou: “Se estas situações se tornarem no caos, na violência e na desordem, o que é completamente inaceitável, adotaremos uma posição muito mais completa e robusta”.

Os distúrbios em Clapham e Tooting Bec ocorrem quando a capital luta contra ajuntamentos ilegais pela quarta vez nesta semana.

O comandante Bas Javid disse num vídeo twittado pela força: “Assim que os protestos de hoje terminem, manteremos uma presença policial significativa em Londres hoje à noite.

“Tudo porque, durante a semana passada, vimos uma série de eventos musicais sem licença em Londres, alguns dos quais caíram em desordem.

FonteThe Sun
Avatar
Manny Olas estudou em Cambridge, Reino Unido, e vive em Northampton desde 2003. É um apaixonado por comunicação, serviço publico e interação com o publico em geral. Faz emissões de rádio online e negocia no mercado de valores como passatempo.