O Presidente dos Estados Unidos da América vai adiar a cimeira do G7, que estava prevista para Junho, para o Outono, devido à pandemia, e quer convidar outros países a participar na reunião.

“Não sinto que o G7 represente correctamente o que se passa no Mundo. É um grupo de países muito ultrapassado”, declarou Donald Trump aos jornalistas, no sábado, a bordo do Air Force One.

Trump quer convidar a Rússia, a Coreia do Sul, a Austrália e a Índia a juntarem-se a uma cimeira alargada no próximo Outono.

A cimeira poderá ocorrer em Setembro, antes ou depois da Assembleia-geral das Nações Unidas, lançou o líder norte-americano.

Os dirigentes do G7, presidido este ano pelos EUA, tinham previsto reunir-se por videoconferência no final de Junho, invocando a pandemia.

Na semana passada, Trump indicou que poderia organizar a cimeira “principalmente na Casa Branca, mas também, na residência presidencial em Camp David, na periferia de Washington.

Os membros do Grupo dos Sete (G7), os países mais industrializados do Mundo, Alemanha, Canadá, EUA, França, Itália, Japão e Reino Unido, reúnem-se anualmente para debater várias questões internacionais. A União Europeia também faz parte habitual das cimeiras.